2ªedição do curso “As Pensadoras Negras” e a produção intelectual de mulheres negras

Questões fundamentais que marcam o dia a dia, como racismo, sexismo, diáspora africana, feminismo negro, feminismo latino-americano, a cultura e as artes serão abordados nos encontros.
Carolina Iara ministrará aula inaugural.

 

Maria Firmina dos Reis é a primeira romancista negra brasileira. Uma mulher nascida em 1822, em São Luís do Maranhão, que fez de seu primeiro romance, Úrsula (1859), algo até então impensável: um instrumento de crítica à escravidão por meio da humanização de personagens escravizados. Esquecida por décadas, sua obra só foi recuperada em 1962 pelo historiador paraibano Horácio de Almeida em um sebo no Rio de Janeiro – e, hoje, até seu rosto verdadeiro é desconhecido.

Carolina Iara | Foto Divulgação
Carolina Iara – CoVereadora da Bancada Feminista do PSOL SP | Foto Divulgação

Para evidenciar a importância da produção intelectual de mulheres negras, como a de Maria Firmina e compartilhar conhecimentos que ajudam a interpretar a sociedade, a Escola As Pensadoras realiza a segunda edição do curso As Pensadoras Negras. No curso de estreia, em 2020, mais de 700 pessoas puderam estudar mulheres que não tiveram a devida visibilidade.

Questões fundamentais que marcam o dia a dia, como racismo, sexismo, diáspora africana, feminismo negro, feminismo latino-americano, a cultura e as artes serão abordados nos encontros. Assim como, a vida das mulheres negras e sua incansável luta pela sobrevivência e também pela sobrevivência dos seus.

Além de Maria Firmina, a vida e a obra das intelectuais Lélia Gonzalez, Mara Viveros-Vigoya, Neusa Santos Souza e Vitória Santa Cruz, serão estudadas. O corpo docente é composto pelas professoras: Karina França, Lívia Guimarães, Fernanda Miranda, Wallesandra Souza Rodrigues e Danielle Almeida. Todas as aulas são em formato virtual nas terças-feiras, das 19h às 21h, nos dias 13/04,  20/04, 27/04, 04/05 e 11/05.O curso terá carga horária total de 20 horas, com certificação pela Escola As Pensadoras.

A aula inaugural será ministrada pela mestranda em Ciências Humanas e Sociais na UFABC, escritora, socialista e poeta, Carolina Iara, dia 12 de abril às 19h, no canal das Pensadoras no Youtube 

Sobre Carolina
Mulher intersexo, travesti, positHIVa e negra. CoVereadora da Bancada Feminista do PSOL SP, eleita com 46.267 votos, numa Mandata coletiva de cinco mulheres.

Sobre a Escola

A Escola As Pensadoras é estruturada virtualmente e tem como objetivo oferecer formação continuada e estudo do pensamento de mulheres guiados por mulheres intelectuais, promovendo o desenvolvimento do pensamento emancipatório. Para isso, apresenta uma agenda democrática de cursos de curta, média e longa duração. Os cursos são encabeçados por um corpo docente qualificado e representativo, de todos os lugares do país, de Universidades reconhecidas e valorizadas pela sua capacidade de produção ética de conhecimento.

Inscrições: https://www.aspensadoras.com.br/cursos/as-pensadoras-negras–2-edicao

 

SERVIÇO:

 

AULAS às terças, das 19h às 21h – 13/04; 20/04; 27/04; 04/05 e 11/05

Certificação: 20h pela Escola As Pensadoras

 

12/4 – Aula Inaugural com Carolina Iara. Mestranda em Ciências Humanas e Sociais na UFABC, escritora, socialista e poeta. Mulher intersexo, travesti, positHIVa e negra. CoVereadora da Bancada Feminista do PSOL SP, eleita com 46.267 votos, numa Mandata coletiva de cinco mulheres.

 

13/4 – Aula 1 – Maria Firmina dos Reis –  Dra Fernanda Rodrigues de Miranda (UNIFESSPA)

Objetivo: Apresentar Maria Firmina dos Reis e sua contribuição como pensadora do Brasil.

 

20/4 – Aula 2 – Victória Santa Cruz – Ms. Danielle Almeida (UDEM (México)

Objetivo: Apresentar Victoria Santa Cruz e sua contribuição para a afirmação da identidade negra na América Latina e para o pensamento de mulheres negras.

 

27/4 – Aula 3 –  Lélia Gonzalez – Ms. Karina de França Silva Valle(UFABC)

Objetivo: Apresentar Lélia Gonzalez e sua contribuição como intérprete do Brasil.

 

04/5 – Aula 4 – Neusa Santos Souza – Mestranda Wallesandra Souza Rodrigues (UFABC)

Objetivo:  Apresentar Neusa Santos Souza e sua contribuição na constituição de um pensamento negro sobre a saúde mental no Brasil e os efeitos do racismo anti-negro na subjetividade de mulheres e homens negros (estudo de caso).

 

11/5 – Aula 5 – Mara Viveros Vigoya – Ms. Lívia Guimarães (UFABC)

Objetivo:  Apresentar Mara Viveros Vigoya, uma pesquisadora empírica e teórica, que por meio de seu olhar afiado nos convida a dialogar sobre as masculinidades tomando como base o pensamento feminista negro e as epistemologias decoloniais em diálogo com intelectuais negros da diápora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *